27/07/2021

A Câmara Municipal do Porto aprovou nesta segunda-feira, 26 de julho, em reunião do Executivo, a atribuição de mais oito bolsas no âmbito do programa de apoio à internacionalização artística Shuttle.


Selecionados pelo júri desta edição, composto por Luís Albuquerque Pinho, Mara Andrade e Marta Ângela, os projetos enquadram-se nas quatro áreas abrangidas e incluem: nas Artes Visuais e Curadoria, Beograd Concrete de Inês d'Orey, Het is al nacht / geen licht boven de horizon (Agora é noite / nenhuma luz acima do horizonte) de Orlando Vieira Francisco e Los Angeles – Parque adolescente de Mauro Cerqueira; nas Artes Performativas, Metamorfoses da mala voadora; na Performance e Composição Musical, ALBA RUMOR da Sonoscopia, Rádio Afónica de Nuno Pinto e Realidades e Ficção Sonora, por Pedro Augusto e Mark van den Heuvel de Pedro Augusto; e Tradução e Criação Literária e Ensaística, Efeito Orla - Publicação de Mariana Caló & Francisco Queimadela.


Nesta que é a segunda fase de concurso da edição de 2021 do programa, foram submetidas um total de 20 candidaturas. Estes novos projetos juntam-se a outros oito já apoiados durante a primeira fase deste ano, cujo orçamento total é de 75 mil euros.


Visando apoiar a internacionalização de projetos criados e desenvolvidos por artistas e agentes culturais sediados na cidade do Porto, através de bolsas que variam entre os 1500 e os 7500 euros, o concurso continua com candidaturas abertas até 1 de outubro, naquela que constitui a terceira e última fase da edição de 2021. O regulamento e respetivos requisitos para a candidatura estão disponíveis na página do programa.


O projeto Shuttle foi criado em 2018 e, com a atribuição destas oito bolsas, já apoiou um total de 57 projetos, que podem ser consultados na plataforma Pláka.


Imagem de pesquisa © Orlando Vieira Francisco, 2021.

Ver também
Notícias