14/01/2022

A sexta edição do IndieJúnior Porto - Festival Internacional de Cinema Infantil e Juvenil decorre de 25 a 30 de janeiro em vários espaços da cidade do Porto. Conta no programa com mais de 50 filmes, debates, cine-concerto, cinema de colo e oficinas, um programa diverso para desfrutar em família (e na escola).

 

São filmes dedicados aos mais novos, mas que todos podem ver (ou não somos todos umas eternas crianças).


Neste ano, o IndieJúnior apresenta uma programação ampla e diversificada, onde os temas mais prementes da atualidade fazem parte dos filmes que estarão em exibição no Teatro Rivoli, mas também na Biblioteca Municipal Almeida Garrett, na Casa das Artes, no espaço cultural Maus Hábitos e na Reitoria da Universidade do Porto, ajudando a espalhar o cinema pela cidade doPorto.


Alguns dos destaques da programação (extensa e diversa) vão para histórias emocionantes de famílias chegam com as duas longas-metragens em competição: “A Traviata, os Meus Irmãos e Eu”, em que quatro irmãos cuidam da mãe em coma; e “A Travessia”, no qual dois irmãos sobrevivem a desafios incríveis antes de chegarem a um novo mundo, finalmente livre.



Já o filme “Boa Viagem”, de Fabio Friedli, uma pequena animação que retrata as crueldades e dificuldades das travessias de pessoas que procuram uma nova vida noutro país, será o ponto de partida para uma conversa com vários convidados, entre eles o Fuse (Nuno Teixeira, dos Dealema), com a intenção de chegar a respostas sobre como é que a comunidade pode participar na sua inclusão.

 

Curtas-Metragens em competição

Quanto às curtas-metragens em competição, são mais de 40 os filmes que transportam o público para diferentes paisagens.


Na sessão “Cores da Natureza”, dedicada a maiores de três anos, será exibido “Pequeno Almoço de Caracóis”, um mundo onde caracóis nunca deixam as suas casas. Na sessão “Ficar ou Partir”, o filme “Marmelada” diz-nos que para ser herói só é preciso voar.



Por outro lado, em “Pontes e Fronteira” (para maiores de 8 anos), o filme “Mamã está como a Chuva” mostra como uma filha pode ajudar uma mãe a reerguer-se.



Já na sessão “Amizades nas Diferenças”, “O Meu Amigo Tigre” aborda a amizade entre uma menina e um tigre até que um deles começa a achar a cidade demasiada pequena.

 

Filmes para todas as idades

Para os maiores de 12 anos, o filme “Na Natureza” destaca-se por abordar o tema da homossexualidade.


Na sessão “Transições” (para maiores de 15 anos), o público poderá assistir a “Irmãs”, uma animação da República Checa, onde se aborda a relação entre uma irmã mais velha aprisionada na areia e uma irmã mais nova que a tenta salvar.



Ainda nesta sessão há para ver “Marlon Brando”, uma ficção dos Países Baixos sobre dois melhores amigos que ao se apercebem que podem ter planos diferentes para futuro sentem a sua relação oscilar. 

 

Oficinas para todos

E nesta edição do Festival há oficinas para todas as idades. Em “Quero Animar!” vai ser possível aprender a criar as primeiras animações com a construção de um Flipbook com a realizadora do filme em competição “Nada se Perde”, Leonor Faria Henriques.


Nota ainda para a oficina “Meia Dúzia de Ovos - Uma Produção Independente”, onde se vão poder criar objetos analógicos (flipbooks) e digitais (GIF) que comuniquem ideias relacionadas com a biodiversidade.



Em “

O Peixe Palhaço e a Barracuda”, os participantes são convidados a desempenhar o papel do peixe-palhaço ou da esfomeada barracuda.


E no encontro “Novo Normal” será possível celebrar todo o espectro da diversidade da vida e desconstruir o que é ou não normal.

                   

Conferência com realizadora

No dia 28 de janeiro, pelas 18h00, na Casa Comum, será tempo para uma conferência com a realizadora de animação Joana Toste, que irá partilhar a sua experiência profissional sobre a criação de cinema e animação para os que quiserem descobrir mais deste universo.


Os bilhetes para a edição deste ano estão disponíveis na Bilheteira do Teatro Rivoli e em http://tmp.bol.pt


Na Casa das Artes estão disponíveis a partir do primeiro dia do festival, 30 minutos antes do início da sessão e podem ser reservados em indiejunior.com/casadasartes


Toda a programação está disponível em http://indiejunior.com.

Ver também
Notícias