18/10/2021

Nos dias 26 e 27 de novembro, o Teatro Campo Alegre é o palco da quarta edição da Mostra Estufa. Uma iniciativa promovida pela Erva Daninha, em coprodução com o Teatro Municipal do Porto, que conta com propostas de artistas de várias nacionalidades, numa reflexão sobre o cruzamento entre as técnicas de circo e as novas abordagens performativas.

 

Como laboratório para novos criadores ou como espaço para propostas emergentes que procurem novas linguagens, a Mostra Estufa procura ser um local que proporciona as condições ideais para incubar a investigação de formas, conteúdos e experimentação técnica.


Nesta edição, e segundo a companhia Erva Daninha, responsável pela organização, “a forte relação do circo, do corpo com o movimento revela uma tendência de multidisciplinariedade que integra o virtuosismo do circo em correntes estéticas atuais”.


Da edição deste ano fazem parte três espetáculos, que procuram “questionar o lugar das técnicas de circo numa dramaturgia contemporânea”.



É disso exemplo o espetáculo “Memória”, de Maurício Jara e Bruno Machado, um projeto que visa estudar o que é nos torna, afinal, seres humanos. É como se fosse uma exploração da nossa consciência.


Com esta peça, procura colocar-se “a nu” a complexidade do cérebro, para o desmistificar, usando técnicas de circo contemporâneo.

 

Mais duas propostas

ferro à ferrugem” é a proposta de Alan Sencades para esta mostra. O artista brasileiro residente em Portugal, que veio para o nosso país para estudar artes circenses e é, atualmente, professor na ACE – Academia Contemporânea do Espetáculo em Famalicão, procura abordar a passagem do tempo como reflexão sobre a mudança.


Como se o tempo permitisse o renascimento dos corpos, através das mudanças e memórias.



Já “Mellow Yellow”, assinado pela Juri Bisegna, Ottavio Stazio e Ricardo S. Mendes, é uma peça onde a vida quotidiana e a performance se unem.


Onde o intérprete, o espectador não se define pelo seu papel, mas pelas ações que realiza (o intérprete pode ser o espectador como o espectador pode ser o intérprete).


O espaço do palco não é definido pelas suas extremidades, mas pela perceção de cada um, e pela imaginação.

 

A Mostra Estufa decorre no a 26 e 27 de novembro, no Teatro Campo Alegre.


Os bilhetes estão à venda nas Bilheteira do Teatro Municipal do Porto (Rivoli e Campo Alegre) ou na Bilheteira Online, em http://tmp.bol.pt.


Toda a programação disponível em http://teatromunicipaldoporto.pt

Ver também
Notícias