23/04/2021

São seis fins de semana de programação musical que antecipam e antecedem a Feira do Livro do Porto. Esta sexta-feira, Dia Mundial do Livro, a Câmara do Porto apresentou o ciclo Warm Up, que decorre entre 16 de julho e 22 de agosto, nos Jardins do Palácio de Cristal e nos jardins da Casa Tait.


A programação, que antecede a abertura da Feira do Livro do Porto, lança a programação de verão no Porto e marca a retoma das atividades culturais na cidade, através da palavra e da música, com um conjunto de atividades e festivais que não se puderam realizar no atual contexto pandémico.


“Começámos a imaginar o que seria ao verão e a pensar nas pessoas que vão ficar por cá, seja por razões económicas, seja porque não querem viajar, seja porque ainda não sabemos como é que vai ser o verão em termos de pandemia”, referiu o Presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, aos jornalistas, no final da apresentação que decorreu, na manhã desta sexta-feira, no auditório da Biblioteca Municipal Almeida Garrett.


“Pensamos que esta programação podia ser antecipada trazendo para os Jardins do Palácio, mas também para a Casa Tait, que queremos muito que as pessoas descubram, um conjunto de atividades ligadas a produtores da cidade, muitas delas já conhecidas, mas com uma coerência diferente e permitindo exatamente a fruição da cultura num espaço que tem condições, a nossa ver, extraordinárias”, disse Rui Moreira.


O presidente da autarquia portuense sublinhou, também, que a realização deste evento constitui um apoio do município às estruturas culturais e artistas da cidade “que têm sido muito fustigados durante todo este tempo”.


A apresentação do Warm Up esteve a cargo do coordenador da programação da Feira do Livro deste ano e também diretor do Museu da Cidade, Nuno Faria, que explicou que a ideia da iniciativa é lançar a programação de verão na cidade, rumo a uma a Feira do Livro que se realiza “uma vez mais enquanto símbolo de abertura e de renovação espiritual, junto dos livros e daqueles que os escrevem e editam”.



Seis fins de semana de música e palavra distribuídas por quatro palcos


O ciclo Warm Up vai percorrer diversas sonoridades que vão desde o jazz ao blues, passando pelas músicas do mundo, a spoken word e a música de dança.


O primeiro fim de semana, dias 16, 17, e 18 julho, é dedicado à spoken word, a palavra falada, com espetáculos na Casa do Roseiral, Concha Acústica e Lago dos Cavalinhos, espaços dos Jardins do Palácio de Cristal. Durante os três dias vão subir ao palco os Mao-Mao, Nómada Urbe, A Flor do Lácio e Rui Reininho.


A 23, 24 e 25 de julho, o Festival Porta-Jazz regressa numa versão ao ar livre, organizado, como é habitual, pela Associação Porta-Jazz. Estão previstos 14 concertos e o envolvimento de cerca de 60 músicos. A programação será brevemente apresentada.


No terceiro fim de semana, acontece o Porto Blue Fest, um festival de blues que traz para os Jardins do Palácio os sabores, cheiros e sons de Nova Orleães. Para já, estão confirmados Budda Power Blues & Maria João, que a 31 de julho vão apresentar o álbum que será lançado no próximo mês de junho, Blues Experience 2.


A 7 e 8 de agosto, o Museu da Cidade e a Casa Tait recebem o Elétrico, com dois dias de música eletrónica a cargo de produtores e DJ nacionais, mantendo a energia e o caráter deste festival único. Já confirmados estão: Rui Vargas, Pedro Tenreiro, Alex Fx, Diana Oliveira, Helena Guedes, Rui Trintaeum, Serginho e Xinobi.


O quinto fim de semana de Warm Up propõe uma viagem por diversas latitudes sem sair da Casa do Roseiral, com concertos de músicas do mundo a antecipar o Festival WOMEX - The World Music Expo, um dos maiores e mais reconhecidos eventos da indústria musical a nível mundial, com mais de 26 anos de história, agendado para o Porto em outubro próximo. Do alinhamento fazem parte Lina & Raül Refree, os mais recentes vencedores do novo Prémio Carlos do Carmo, a cabo-verdiana Cremilda Medina, Luís Peixoto e os Holy Nothing & Angelo B.


Para finalizar este ciclo, a 21 e 22 agosto, a proposta é um Piquenique Dançante Sobre a Relva, a realizar nos jardins da Casa Tait. A iniciativa abre a possibilidade do convívio à volta de uma toalha, onde se partilha comida, conversa e música. O programa musical vai incluir, entre outros, um concerto em que Ana Deus, João Loureiro e Rui Fernandes vão reinterpretar temas da banda portuense Ban, da qual os três fizeram parte.



Feira do Livro do Porto está de regresso a 27 de agosto e presta homenagem Júlio Dinis


Ainda sob o clima de restrições sanitárias que marcou a edição do ano passado, a Feira do Livro do Porto volta a abrir portas a 27 de agosto e encerra a 12 de setembro.


Nos 150 anos da morte de Júlio Dinis, o certame cultural homenageia o autor, falecido exatamente a 12 de setembro, e quer pensar a persistência do romantismo. Esta edição tem como tema Herborisar, cujo mote conceptual é idealizado com base no herbário que Júlio Dinis montou na Ilha da Madeira quando tentava curar-se da tuberculose de que veio a falecer.


As inscrições para a Feira do Livro abrem no próximo dia 17 de maio.


Ver também
Notícias