Festival Porta-Jazz celebra uma década em fevereiro
02-01-2020
Nos dias 7, 8 e 9 de fevereiro, o Teatro Municipal Rivoli recebe a 10.ª edição do festival da associação de músicos de jazz do Porto.

Foi já há dez anos que se estreou na cidade do Porto o Festival Porta-Jazz . Em 2020, o evento voltará a ser o ponto alto da programação anual da associação que lhe dá nome e traz 22 propostas a seis espaços do Teatro Rivoli, entre concertos, apresentações de discos, um encontro de escolas, masterclasses e jam sessions.


No cartaz do evento destaca-se a atuação do trompetista Peter Evans com a Orquestra Jazz de Matosinhos, o aniversário em palco do super-grupo Coreto, a apresentação do último disco do pianista Pedro Neves, o novo projeto do contrabaixista Miguel Ângelo, os espetáculos do saxofonista lituano Liudas Mockunas e do trio austríaco Blechbaragge, a parceria artística que junta a associação suíça AMR e a Porta-Jazz, um concerto comentado interactivo para todas as idades e ainda um baile de lindy hop. 


O festival é o reflexo de um movimento maior, uma plataforma de incentivo à criação e divulgação do jazz que na última década vem democratizando este estilo musical e criando novos públicos e massa critica no Porto.


São mais de 100 os concertos que a Porta-Jazz promove por ano, divididos entre a a sua sede e outros locais da cidade. E são mais de 50 os discos editados por esta associação portuense, uma comunidade artística referente no jazz nacional e internacional.


Os bilhetes para o festival estão já à venda na bilheteira do Rivoli. Cada bloco de concertos (tarde ou noite) tem o custo de sete euros (os sócios da Porta-Jazz têm desconto). No Café e no Foyer há atividades de entrada livre.  


Podem consultar o cartaz completo desta 10.ª edição do festival no site da associação.