Autarquia ajuda mais três projetos artísticos a voar para o estrangeiro
09-09-2020
O programa municipal Shuttle vai apoiar a internacionalização de mias três obras criadas no Porto.

O programa de apoio à internacionalização artística Shuttle vai apoiar três novos projetos. O júri, composto por Miguel Leal, Fátima São Simão e Pedro Junqueira Maia, selecionou três candidaturas da quarta fase do concurso: a peça de teatro "Estreito/Estrecho" e o filme "Songs and traces with the length of an ocean" e a instalação "O Germinador de Sementes: Sustentabilidade como Empatia".


"Estreito/Estrecho" é um espetáculo do Teatro Experimental do Porto e do Teatro La Maria, do Chile, que parte de um texto original escrito a duas línguas: português e castelhano. A peça refletirá sobre dos 500 anos desde a primeira viagem de circum-navegação liderada por Fernão de Magalhães. 


 Por sua vez, o filme "Songs and traces with the length of an ocean", com direção artística de Laetitia Morais e a participação de John King, contempla uma documentação de dez anos de correspondências escritas, visuais e sonoras sobre a referência dum "novo mundo"; de uma "nova rota da seda" ou de um "novo tempo".


Finalmente, "O Germinador de Sementes: Sustentabilidade como Empatia" é uma instalação pública que se propõe refletir sobre a autossuficiência alimentar. Será apresentada no âmbito da próxima Bienal de Design de Istambul.


Incluindo estes três novos projetos, o Shuttle já apoiou um total de 18 iniciativas em 2020, mais cinco do que em 2019, tendo atingido o orçamento previsto para este ano.


O concurso terá uma nova edição em 2021, estando planeado um reforço orçamental, e dará continuidade ao seu objetivo de promoção da cultura da cidade e o trabalho de artistas, autores e agentes culturais sediados no Porto.