Rally de Portugal regressa ao Porto a 23 de maio
16-01-2020
O percurso na Baixa é uma das principais novidades do programa da 54.ª edição da prova.
O Automóvel Clube de Portugal (ACP) apresentou esta quinta-feira, numa cerimónia na sua sede em Lisboa, a 54.ª. edição do Vodafone Rally de Portugal. A etapa portuguesa do Mundial de Ralis (WRC) terá lugar entre 21 e 24 de maio e marca o regresso da Porto Street Stage ao figurino da prova, que em 2020 envolve 14 municípios das regiões norte e centro do país.

Além de mais quilómetros de percurso e mais especiais de classificação, a edição deste ano volta então ao Porto, desta vez, num sábado, dia 23 de maio, a encerrar a segunda e penúltima etapa da prova. 

Tal como nos dois anos anteriores, os concorrentes vão cumprir, ao final da tarde, duas passagens pela classificativa desenhada em plena Baixa da cidade, num percurso com perto de dois quilómetros, em tudo semelhante ao de 2018: início no topo da Avenida Dom Afonso Henriques, perto da Sé Catedral, e final junto ao Tribunal da Relação do Porto, ao lado do Jardim da Cordoaria.

Pelo meio, mantêm-se as habituais passagens pela Estação de São Bento, Rua de Sá da Bandeira, Praça de D. João I, Avenida dos Aliados e Rua dos Clérigos. A partida do primeiro concorrente está marcada para as 19,03 horas.


PARTIDA EM COIMBRA E FINAL EM MATOSINHOS

Constituindo a sexta etapa do calendário do Campeonato do Mundo de Ralis em 2020, o Vodafone Rally de Portugal vai desenrolar-se ao longo de três etapas e 22 especiais de classificação, num total de 1.582,25 quilómetros, dos quais 330,98 são disputados ao cronómetro.

Mantém-se na Exponor, em Matosinhos, a base operacional da prova, com as verificações administrativas e técnicas, o parque de assistência e a maior parte das partidas e chegadas.

A partida oficial será dada em Coimbra, junto à Porta Férrea da Universidade, às 20,30 horas do dia 21 de maio. Neste primeiro dia, e como é habitual, os carros realizam o último teste no Shakedown em Paredes.

Na sexta-feira, os carros partem para uma tyre fitting zone ainda em Coimbra e seguem para uma dupla passagem pelos troços de Lousã, Góis (este com um novo local de partida) e Arganil. Mortágua, uma novidade no traçado deste ano, encerra a passagem do rali na região Centro. O final do dia acontece já a Norte, com a única Super Especial do rali, no Eurocircuito de Lousada.

No sábado, 23 de maio, o Vodafone Rally de Portugal percorre os troços de Vieira do Minho, Cabeceiras de Basto e Amarante. E o dia termina com a dupla classificativa urbana da Porto Street Stage.

O último dia de competição corresponde a uma etapa curta, mas de grande importância e com algumas novidades. São seis troços no total, sendo novidade a introdução do troço de Felgueiras, com uma dupla passagem, a par das especiais de Montim e Fafe. A segunda passagem por Fafe volta a ser disputada em formato Power-Stage e tem o aliciante da atribuição de bonificações pontuais aos pilotos melhor classificados.

A consagração dos pilotos e equipas está marcada para a Marginal de Matosinhos.


PROGRAMA*
> Quinta-feira, 21 de maio 
Shakedown - Paredes (4,60 km) 09h00 / 15h00
Coimbra - Cerimónia de Partida 20.30

> Sexta-feira, 22 de maio
Coimbra - Partida 06h50
Lousã (12,35 km) - SS1 e SS4 08h08 / 12h31
Góis (19,46 km) - SS2 e SS5 09h08 / 13h31
Arganil (18,77 km) - SS3 e SS6 10h08 / 14h31
Mortágua (18,24 km) - SS7 15h58
Lousada (3,36 km) - SSS8 19h03

> Sábado, 23 de maio
Vieira do Minho (20,53 km) - SS9 e SS12 08h08 / 15h03
Cabeceiras de Basto (22,22 km) - SS10 e SS13 09h08 / 16h03
Amarante (30,36 km) - SS11 e SS14 10h28 / 17h23
Porto Street Stage (1,95 km) - SS15 e SS16 19h03 / 19h28

> Domingo, 24 de maio
Felgueiras (9,16 km) - SS17 e SS20 07h08 / 09h53
Montim (8,71 km) - SS18 e SS21 08h03 / 10h48
Fafe (11,18 km) - SS19 e SS22 Power Stage 08h58 / 12h18
Marginal de Matosinhos - Cerimónia de Pódio - 15h45

* O programa definitivo será publicado em regulamento e está sujeito a aditamentos.